Assassin’s Creed Odyssey terá um sistema Nemesis inspirado em Shadow of Mordor

Quando Terra-média: Sombras de Mordor foi lançado, muitos jogadores compararam o game com a saga Assassin’s Creed da Ubisoft, pois ele possuí vários elementos que são praticamente semelhante ao popular game da companhia francesa. Agora, será a vez de Assassin’s Creed Odyssey utilizar um dos recursos mais emblemáticos da saga da Monolith, o Sistema Nemesis.

Durante uma recente entrevista, o diretor criativo de Odyssey, Jonathan Dumont, revelou que existe em Odyssey um elaborado sistema de mercenários que caçará o protagonista durante todo o jogo.

Em Assassin’s Creed Origins, o personagem do jogador, Bayek, foi caçado por poderosos inimigos ao longo de sua jornada. Bayek era uma ameaça para o faraó Ptolomeu, e o governante enviou seus guardas particulares, os Phylakes, para rastrear Bayek e acabar com sua vida. Foi uma maneira divertida de adicionar uma camada de ameaça adicional ao jogo, e quando a buzina tocava, os jogadores sabiam que estavam em uma luta dura. Uma vez que todos os 10 foram mortos, Bayek foi recompensado com uma nova roupa – e foi basicamente isso. Em Odyssey, a Ubisoft Quebec está pegando essa ideia e expandindo-a.

Se você cometer crimes, uma recompensa será colocada em sua cabeça e vários mercenários irão caça-los.

Existem ao todo 50 mercenários dentro do jogo. E alguns têm ursos, finalizou Dumont.

Ou seja, haverá em Odyssey um “sistema de mercenários” que caçará o jogador durante todo o jogo. Ao todo serão 50 mercenários, e quando um for morto, outro assumirá seu lugar, num sistema semelhante ao Nemesis de Sombras de Mordor.

Assassin’s Creed Odyssey será lançado no próximo dia 5 de outubro para PC, PS4 e Xbox One. A história do game acompanhará um descendente do lendário Leonidas de Sparta, que desempenhará um importante papel na Guerra do Peloponeso.

Redator

Sandro Felix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Para ele, os jogos são mais do que entretenimento, é uma vida, uma paixão.