Se Anthem não for bem sucedido comercialmente, isso não significará o fechamento da BioWare

No inicio do ano, surgiu um rumor que dizia que se Anthem não cumprir as expectativas comerciais, a Electronic Arts poderia fechar a BioWare, estúdio encarregado pelo desenvolvimento do jogo. No entanto, parece que esse medo não é compartilhado por James Ohlen, que deixou a companhia após 22 anos de trabalho.

Durante uma recente entrevista ao Game Informer, Ohlen se referiu às recentes preocupações que surgiram entre a comunidade de jogadores e, segundo ele, se Anthem não for bem comercialmente, não há risco nenhum da Electronic Arts fechar a desenvolvedora BioWare.

Acho que a EA considera a Bioware como uma parte da companhia à longo prazo. Acho que a EA realmente respeita o que a Bioware traz para ela, disse Ohlen.

A Bioware é bem diferente de todos os outros aspectos de seus negócios, então mesmo que Anthem não vá tão bem – e acho que vai ser excelente -, mas se não tiver boas vendas, não acho que será o fim da Bioware.

Acredito que será simplesmente a chance da Bioware aprender algumas lições e aplicar no próximo jogo que for lançado.

Ohlen também destacou durante a entrevista que Anthem é um projeto “dirigido pela própria BioWare” e ao contrário do que as pessoas pensam, não é a Electronic Artas que está por trás do jogo mas sim BioWare, que sempre esteve no controle do jogo.

Anthem será lançado oficialmente no próximo dia 22 de fevereiro de 2019 para PC, PS4 e Xbox One.

Redator

Sandro Felix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Para ele, os jogos são mais do que entretenimento, é uma vida, uma paixão.