Assassin’s Creed Odyssey terá 8 biomas diferentes

A Ubisoft está indo para uma direção totalmente nova com Assassin’s Creed Odyssey. Dessa vez, o game será ambientado na Grécia antiga e pela primeira vez na saga, será possível escolher o sexo do protagonista antes de iniciar nossa aventura.

Além disso, o game terá o design artístico mais bem trabalhado de toda a franquia Assassin’s Creed e será um dos jogos de mundo aberto mais diversificado já feito até o momento, segundo confirmou Scott Phillips, diretor do jogo, durante uma recente entrevista ao GamingBolt.

De acordo com Phillips, quando a equipe de desenvolvimento começou a criar o jogo, eles fizeram uma pesquisa intensa sobre a Grécia e se perguntaram:

O que torna este país especial ou interessante? Qual seria o melhor momento para definir o jogo? Disse Phillips enquanto falava com o GamingBolt.

É um local super variado e super bonito.

Temos oito biomas diferentes, continuou ele. De vulcões de lava, a picos de montanha com neve, ao fundo do mar, e até mesmo à ilhas repletas de vidas. Há variedade nos recursos visuais e também é uma época de guerra. Então, temos a representação da guerra, bem como o desenvolvimento da ciência, da arte, da escrita e da narrativa. Há muitas coisas para se envolver e investigar neste jogo, conclui Phillips.

Assassin’s Creed Odyssey será lançado no próximo dia 5 de outubro para PC, PS4 e Xbox One. Desenvolvido pela Ubisoft Québec, o game se passa precisamente em 431 a.C. e narra o conflito entre Atenas e Esparta. Os jogadores poderão escolher entre dois protagonistas Alexios e Kassandra, porém ambos terão a mesma linha narrativa independente da escolha.

Redator

Sandro Felix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Para ele, os jogos são mais do que entretenimento, é uma vida, uma paixão.