Monster Hunter World será lançado para PC em 9 de agosto

Conforme prometido, a Capcom anunciou nesta segunda-feira (9), através de seu blog oficial, que a versão para PC de Monster Hunter World será lançado oficialmente no próximo dia 9 de agosto através da plataforma Steam.

Além disso, a companhia divulgou também os requisitos de sistema para aproveitar o jogo com o máximo esplendor nessa plataforma, confira:

REQUISITOS MÍNIMOS:

  • Requer um processador e sistema operacional de 64 bits
  • SO:  WINDOWS® 7, 8, 8.1, 10 (requer 64 bits)
  • Processador:  Intel® Core ™ i5-4460, 3.20 GHz ou AMD FX ™ 6300
  • Memória: 8 GB de RAM
  • Gráficos: NVIDIA® GeForce® GTX 760 ou AMD Radeon ™ R7 260x (VRAM 2GB)
  • DirectX: Versão 11
  • Rede: conexão de banda larga à Internet
  • Armazenamento: 20 GB de espaço disponível
  • Placa de Som: DirectSound (DirectX® 9.0c)
  • Notas adicionais:  1080p / 30fps quando as configurações gráficas estão definidas para “Low”

REQUISITOS RECOMENDADO:

  • Requer um processador e sistema operacional de 64 bits
  • SO:  WINDOWS® 7, 8, 8.1, 10 (requer 64 bits)
  • Processador:  Intel® Core ™ i7 3770 de 3,4 GHz ou Intel® Core ™ i3 8350 4 GHz ou AMD Ryzen ™ 5 1500X
  • Memória:  8 GB de RAM
  • Gráficos:  NVIDIA® GeForce® GTX 1060 (VRAM 3GB) ou AMD Radeon ™ RX 570X (VRAM 4GB)
  • DirectX:  versão 11
  • Rede:  conexão de banda larga à Internet
  • Armazenamento:  20 GB de espaço disponível
  • Placa de som:  DirectSound (DirectX® 9.0c ou superior)
  • Notas adicionais:  1080p / 30fps quando as configurações gráficas estão definidas para “High”

Em Monster Hunter World você assumirá o papel de um caçador e matará monstros ferozes num ecossistema vivo e estimulante, onde você pode usar a paisagem e os seus diversos habitantes para conquistar o seu lugar.

Cace sozinho ou em grupo com até três outros jogadores, e use materiais coletados de inimigos derrotados para construir novos equipamentos e ir atrás de feras ainda maiores e mais malvadas!

Redator

Sandro Felix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Para ele, os jogos são mais do que entretenimento, é uma vida, uma paixão.