Graças ao túnel quântico, é possível obter eletricidade a partir do calor da Terra

Os pesquisadores encontraram uma maneira de obter energia da Terra através da conversão de radiação infravermelha excessiva, onde nesse processo, se dissipa o calor em eletricidade.

O conceito inclui o chamado fenómeno de tunelamento ou tunelagem quântica. É um fenômeno da física quântica em que uma partícula passa por uma barreira de energia sem energia suficiente. É como se ela estivesse sacudindo-a. O conceito-chave é uma antena especialmente projetada que pode detectar o desperdício ou o calor infravermelho como ondas eletromagnéticas de alta freqüência e transformar essas ondas em cargas elétricas.

Há realmente muita energia perdida na Terra – a maioria dos raios do sol que atingem o planeta é sugada pela superfície da Terra, os oceanos e a atmosfera. Este aquecimento leva à fuga contínua de radiação infravermelha, estimada em milhões de gigawatts por segundo.

Como os comprimentos de onda infravermelhos são curtos, precisamos de antenas muito pequenas para seu uso. De acordo com uma equipe internacional de pesquisadores, o tunelado quântico poderia trazer o avanço desejado.

Os cientistas criaram uma nanoantina em que os elétrons podem ser percorridos através de uma barreira chamada de metal-isolador-metal. A antena funciona com uma frequência de 28,3 THz e tem a forma de uma borboleta. Isso coloca um filme fino entre dois braços de metal ligeiramente sobrepostos feitos de ouro e titânio, tornando-o capaz de gerar campos elétricos intensos que são necessários para que os túneis funcionem.

O recém-criado diodo MIM foi capaz de capturar com sucesso a radiação infravermelha de tensão zero para que ele só seja ligado quando necessário.

Painéis solares típicos podem capturar apenas uma pequena porção do espectro visível, a tecnologia que também pode usar a radiação infravermelha representaria uma mudança revolucionária na geração de energia. Além disso, ao contrário dos painéis solares, tais coletores de energia podem operar continuamente, independentemente das condições climáticas.

Redator

Edilson Félix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Vive constantemente conectado no mundo da tecnologia, surfando na onda das novidades.