Tecnologia flexível: o que é isso? Para que serve?

Quando falamos de tecnologia flexível, podemos nos referir a dois conceitos diferentes. O primeiro refere-se à flexibilidade de certas tecnologias ou conhecimentos e, em seguida, a reutilização em diferentes mídias ou produtos.

Esses tipos de tecnologias são geralmente disruptivos e se adaptam tão bem a diferentes tipos de serviços que são massivamente reutilizados.

Em palavras mais claras, um exemplo clássico de tecnologia flexível pode ser microprocessadores ou CPUs, que eram originalmente usados ​​em computadores pessoais, e hoje eles estão presentes em supercomputadores, tablets e telefones celulares inteligentes.

Essas tecnologias, que são fisicamente “flexíveis”, podem ser facilmente deformadas, curvadas ou manipuladas manualmente pelo usuário que as utiliza.

Vantagens da tecnologia flexível
Existem inúmeras vantagens da tecnologia flexível, incluindo:

Aumentar a utilidade das invenções, adaptando-as a novos serviços e produtos.
Melhora a produtividade quando se trata de gerar novos produtos.
Isso ajuda os empresários e multinacionais a ganhar mais dinheiro com suas invenções flexíveis.
Aumentar a velocidade do comissionamento e lançamento de novos serviços.

Diferenças com a tecnologia fixa
Em contraste com a tecnologia flexível é a tecnologia fixa, ou seja, aquelas que não podem ser reutilizadas em outros produtos ou serviços posteriores. Não são invenções que duram séculos, porque ao longo do tempo perdem a adoção.

Exemplos de tecnologias flexíveis
Além das CPUs, existem muitos outros exemplos de tecnologia flexível, vamos ver alguns deles:

Simulação 3D
Ele é usado em várias coisas, como simulação de voo, cinema 3D, mapas 3D de rotas de GPS, robótica e até tecnologia médica com ultra-som 3D.

Acesso à Internet
Originalmente, ele foi projetado para ser usado em computadores e em suas redes, no entanto, hoje ele está presente até mesmo em dispositivos eletrônicos, como televisores e smartphones.

Rodas
Esta invenção remonta há milhares de anos, e tem sido uma tecnologia tão flexível que, embora originalmente é concebido para o transporte de carros e carruagens, atualmente é muito utilizado na indústria pra movimentar tudo.

Medicamentos
Originalmente os medicamentos foram criados para curar as doenças do homem, porém, também começaram a ser aplicados de forma eficaz na medicina veterinária ajudando na cura de diversos animais. É uma tecnologia flexível que se adaptou ao longo do tempo.

Existem muitos outros bons exemplos onde a tecnologia flexível se faz presente, essas são as mais comuns e certamente não conseguiremos mais viver sem essa maravilha da humanidade.

Redator

Edilson Félix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Vive constantemente conectado no mundo da tecnologia, surfando na onda das novidades.