Corretora japonesa perdeu mais de R$ 1,6 Bilhão em criptomoedas

Uma das maiores corretoras de criptomoedas do Japão, divulgou que perdeu cerca de 500 milhões de Tokens da moeda NEM, isso equivale a R$ 1,6 bilhão que foram roubados. Essa grande perda acabou assustando os investidores do país que ainda anda desconfiado com as criptomoedas depois do colapso da corretora Mt. Gox.

Assim que detectado o roubo, a empresa suspendeu as operaçoes de criptomoedas e depois de horas de especulação na noite de sexta-feira, a corretora Coincheck disse que as moedas foram enviadas “de forma ilícita” para outra carteira desconhecida, as moedas foram roubadas de madrugada através de vários pedidos de transferência.

A co-fundadora, Yusuke Otsuka, disse que a empresa não sabe como os mais de 500 milhões de tokens desapareceram e que a empresa está trabalhando para garantir a segurança de todos os ativos dos cliente.

Em uma entrevista dada a imprensa, o fundador e chefe de operaçoes, disse que a perda foi muito grande e que a empresa está avaliando formas de compensar seus clientes.

De uns tempos pra cá as criptomoedas chamou a atenção de muita gente, principalmente dos Hackers, devido a supervalorização, de vez em quando surge notícias sobre o roubo de criptomoedas, onde hackers levam milhões e como existe a criptografia fica impossível rastreá-los, por isso você leitor aqui do site, invista nas moedas digitais com cautela e não invista todo o seu dinheiro para não correr esses riscos.

Redator

Edilson Félix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Vive constantemente conectado no mundo da tecnologia, surfando na onda das novidades.