• Facebook
  • Instagram
  • Twitter
NASA se prepara para testar seu primeiro avião elétrico

NASA se prepara para testar seu primeiro avião elétrico

O futuro da mobilidade urbana se baseia em usar fontes renováveis de energia e depender cada vez menos dos combustíveis poluentes, tanto é que já existem carros elétricos e até aviões também. Isso mesmo, já há um avião totalmente elétrico desenvolvido pela NASA, pronto pra sobrevoar os céus nos próximos dias.

A NASA está se preparando para testar seu primeiro avião elétrico a fim de verificar a segurança da aeronave e fazer possíveis correções se forem necessárias.

NASA se prepara para testar seu primeiro avião elétrico

Se os testes forem bem sucedidos, é possível que seja feito uso comercial da aeronave, com fabricação de mais aviões para outros mercados.

Conheça tudo sobre o programa espacial da Nasa e veja como um ônibus espacial é montado

Conheça tudo sobre o programa espacial da Nasa e veja como um ônibus espacial é montado

Certamente você sempre teve curiosidade em saber como é montado um ônibus espacial, e além do mais, o que será que é preciso pra ser um astronauta de sucesso. Conheça esses detalhes e muito mais do programa espacial da Nasa nesse vídeo da Discovery.

Você ficará impressionado com os recursos tecnológicos que são implementados para que cada missão seja um sucesso. Atualmente a Nasa não faz mais ônibus espaciais, mas provavelmente pode retomar a fabricação desses veículos futuramente.

NASA estima que um novo pouso a Lua pode gerar um custo de US$ 20 a US$ 30 bilhões de dólares

NASA estima que um novo pouso a Lua pode gerar um custo de US$ 20 a US$ 30 bilhões de dólares

A NASA já demonstrou que tem um enorme interesse em levar astronautas de volta a Lua. A viagem está prevista pra acontecer em 2024, só que segundo estimativas levantadas pela agência, o custo pra pousar novamente na lua será elevado e deve ficar entre US$ 20 e US$ 30 bilhões de dólares.

Jim Bridenstine, administrador da Nasa, disse a CNN que a agência espacial vai tentar captar verbas nos próximos cincos anos para que seja possível realizar a viagem com sucesso.

Atualmente a NASA possui um orçamento em cerca de 20 bilhões de dólares por ano e pra realizar a missão a agência precisa de muito mais verba.

Bridenstine afirmou que o custo em si é elevado porque viagens espaciais, além de serem perigosas, são imprevisíveis, por isso sempre há necessidade de grande quantidade de dinheiro.

O programa da NASA que vai levar os humanos de volta a Lua chama-se Artemis. A equipe da missão será composta por alguns astronautas e provavelmente deles será uma que caminhará pela primeira vez na superfície lunar.

NASA permitirá que turistas visitem a Estação Espacial Internaciaonal

NASA permitirá que turistas visitem a Estação Espacial Internaciaonal

Para quem curtir tudo sobre o espaço, vai ficar feliz em saber que a NASA vai abrir as portas da ISS (Estação Espacial Internacional) para os turistas.

O diretor financeiro da NASA, Jeff DeWit, disse que a companhia vai abrir as portas da Estação Espacial Internacional para os turistas como forma de aproveitar oportunidades comerciais e vamos começar a explorá-las como nunca fizemos antes.

Infelizmente as visitas não serão baratas e estima-se que o bilhete de ida e volta custará algumas dezenas de milhões de dólares e o custo por uma noite na ISS deverá girar em torno de 35 mil dólares.

A NASA tem planos de levar os turistas para a ISS duas vezes por ano e la eles ficaram por um período de 30 dias. Será sensacional passear pela ISS, no entanto as viagens espaciais podem demorar um pouco para se tornarem populares devido ao seu alto custo. Quem sabe mais pro futuro as coisas não mudam e mais e mais pessoas possam visitar a Estação Espacial Internacional.

NASA pagará US$ 19.000 para as pessoas ficar na cama por dois meses

NASA pagará US$ 19.000 para as pessoas ficar na cama por dois meses

Como parte de um estudo, a NASA vai pagar cerca de US$ 19.000 para as pessoas que estiverem dispostas a passar dois meses inteiros na cama.

A entidade vai selecionar 24 participantes e dividi-los em dois grupos, cada grupo será será submetido a diferentes experimentos, a partir daí, os pesquisadores da Nasa vão analisá-los e ver se os resultados são benéficos para os astronautas que passam muito tempo no espaço.

Os participantes vão fazer diversas atividades deitados; como comer, assistir televisão e ler, isso pode até parece ruim, mas a recompensa é de cerca de US$ 19.000 e para participar você deve acessar o site da NASA Alemanha para obter mais detalhes.

Nasa cancela caminhada espacial feminina devido a falta de trajes adequados

Nasa cancela caminhada espacial feminina devido a falta de trajes adequados

A histórica caminhada espacial que seria feito só com mulheres era pra ter acontecido ontem dia 29 de março de 2019. No entanto, a NASA teve que cancelar a caminhada feminina no espaço por causa que faltou trajes adequados. Depois de completar uma caminhada no espaço semana passada, McClain descobriu que ela se adapta melhor a um traje espacial que tem um “torso superior de tamanho médio, o problema é que só existe um modelo desse tamanho na estação espacial internacional, os outros trajes são de tamanho grande e extra grande e por isso um astronauta homem vai assumir o seu lugar na próxima caminha espacial junto com a americana Christina Koch.

Veja mais na reportagem do jornal Hoje.

Veja dois métodos que a NASA poderia usar se algum asteróide estivesse em rota de colisão com a Terra

Veja dois métodos que a NASA poderia usar se algum asteróide estivesse em rota de colisão com a Terra

O fato de a terra ser atingida por algum asteróide existe potencialmente, isso já aconteceu no passado provocando a extinção dos dinossauros e pode acontecer de novo, ou seja, caso nada seja feito, existe um grande risco de nós seres humanos e toda a vida na terra ser extinta. No entanto, a NASA já tem planos pra tentar garantir a nossa sobrevivência. Olha só:

Tomará que nunca ocorra, mas caso um asteróide estivesse em rota de colisão com a terra, um dos planos que a agência espacial norte americana poderia adotar, seria o envio de um foguete anti-asteroide recheado de bombas atômicas que viajaria a velocidade supersônica direto para a rocha no espaço, onde a explodiria em milhões de pedaços e fragmentos minúsculos, diminuindo assim uma possível colisão, outro método que poderia ser adotado é a implantação de potentes foguetes na massa rochosa do asteróide, com o objetivo de desviá-lo da rota.

Existem mais alguns métodos, mas esses acima é os que teriam maior chance de funcionar e vamos torcer pra nunca precisarmos usá-los.

Próxima missão da NASA a lua poderá ser feito com uso de foguetes comerciais

Próxima missão da NASA a lua poderá ser feito com uso de foguetes comerciais

Muita gente ficou surpreso quando Jim Bridenstine, atual administrador da NASA, sugeriu que talvez as futuras missões da agência espacial a lua poderão ser feitas com uso de foguetes comerciais. Bridenstine apontou ainda que poder ser mais barato pra agência espacial usar foguetes da SpaceX ou de outras empresas, do que fabricar os próprios, o anúncio pode estar relacionado com o fato do governo americano ter reduzido o orçamento da NASA pra 2020.

A agência espacial norte americana tinha pretensão de construir o Space Launch System ou SLS, um foguete de levantamento pesado da NASA, mas devido a atrasos no desenvolvimento e altos custo, o programa SLS já foi adiado diversas vezes. Com isso a missão da NASA a lua pode ser feito com foguetes de outras companhias.

No entanto, nenhuma decisão definitiva ainda foi tomada e atualmente só há dois super foguetes de levantamento de peso em operação.

Veja o que a NASA planeja fazer pra impedir que asteróides atinjam a terra

Veja o que a NASA planeja fazer pra impedir que asteróides atinjam a terra

Descobriu-se recentemente que o ritmo de impactos dos asteróides na terra começou a aumentar a partir de 290 milhões de anos atrás, muitos cogitam que num futuro próximo o planeta possa ser atingido por outro grande asteróide, o que poderia causar o fim da vida na terra. No entanto, algo precisa ser feito pra evitar a colisão. Parece que a NASA já tem uma solução pra isso.

Segundo o Business Insider, a NASA vai lançar uma espaçonave direto para um asteróide, com o intuito de desviá-lo de seu curso, a espaçonave chamada DART será lançada para o asteróide Didymoon a 6 quilômetros por segundo, isso deve mudar a velocidade orbital da rocha em cerca de 0,4 milímetros por segundo. A agência espacial européia (ESA) vai ajudar a NASA no projeto e, talvez o impacto com o asteróide Didymoon deve acontecer por volta de outubro de 2022.

O DART será a primeira missão de defesa planetária da NASA, que atacará o asteróide com a técnica de impacto cinético pra mudar sua rota e assim nos defender de um potencial impacto.

Sonda InSight da NASA vai aterrizar em marte nas próximas horas com objetivo de estudar o planeta vermelho

Sonda da NASA vai aterrizar em marte pra estudar o interior do planeta

A NASA, agência espacial norte-americana, vai colocar nesta segunda-feira, por volta das 17:00 a sonda InSight na superfície de Marte pra estudar o interior do planeta.

A sonda está viajando a mais ou menos seis meses e meio, e traz na bagagem um laboratório robótico que ajudará nas análises da superfície marciana. A InSight foi lançada em 5 de maio e a missão deve vasculhar o planeta vermelho deve durar em torno de dois anos.

Veja uma demonstração de como a sonda fará a descida:

Essa é a segunda sonda que a NASA manda com destino a Marte, a primeira foi a Curiosity, que habita o planeta desde 2012.