Mais de 770 mil jogadores foram banidos de Apex Legends por usarem trapaças

Desde o lançamento de Apex Legends, a Respawn Entertainment tem lutado constantemente contra jogadores que fazem trapaças no jogo e hoje (3), a companhia revelou números impressionantes do montante de usuários que já foram banidos do game.

Em uma recente postagem em seu blog oficial, a companhia informou que mais de 770 mil jogadores foram banidos do game desde o seu lançamento no passado mês de fevereiro. Ainda de acordo com a postagem, mais de 300 mil contas tiveram sua criação bloqueada e mais de 4 mil contas que vendiam trapaças foram banidas nos últimos vinte dias.

Além disso, a Respawn informou que tem trabalhado em estreita colaboração com os principais especialistas da EA, incluindo a EA Security and Fraud, as equipes da Origin, DICE, FIFA e Capital Games, além do Easy-Anti-Cheat para melhorar a detecção de possíveis fraudes no jogo e melhorá-lo como um todo.

Apesar de já termos lançado várias atualizações, algumas irão tomar tempo para serem implementadas. Não podemos divulgar os detalhes do que estamos fazendo para não alertar os criadores de trapaças, mas podemos dizer que estamos atacando isso em todos os ângulos, disse Drew McCoy, produtor da Respawn.

Levamos muito a sério as trapaças em Apex Legends e temos muitos recursos para abordá-los. É uma guerra constante com os criadores de trapas e vamos continuar lutando, finalizou McCoy.

Disponível para PC, PS4 e Xbox One, Apex Legends conta com mais de 50 milhões de jogadores registrados. O game é mais um da recente safra de battle royale que invadiu o mercado de games.

Redator

Sandro Felix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Para ele, os jogos são mais do que entretenimento, é uma vida, uma paixão.