Pra Toyota veículos com células de hidrogênio será o futuro da mobilidade

A montadora japonesa está dobrando seus investimentos no desenvolvimento de veículos movidos a hidrogênio e confirmou sua intenção de usar essa tecnologia para produção em massa futuramente.

Segundo a empresa, a próxima geração de células de combustível a hidrogênio, deve estar disponível muito em breve.

“Pretendemos produzir uma série de carros com essa tecnologia, vamos reduzir a quantidade de materiais caros como a platina, que é utilizado em componentes de célula de combustível e tornar o sistema mais compacto e poderoso”, disse Yoshikazu Tanaka, engenheiro-chefe da Mirai, em entrevista à Reuters. A próxima geração desses veículos deve ter um alcance de 740 km, em vez dos atuais 500 km. E o objetivo é aumentar para 1.000 km até 2025.

O primeiro carro da empresa movido a hidrogênio apareceu no mercado em 2014, apelidado de Mirai. No entanto, seu alto custo e a falta de opções para reabastecimento dificultou uma adoção mais ampla.

Até hoje, menos de 6.000 modelos Mirai foram vendidos em todo o mundo. Mas com o crescente número de países pretendendo abolir os motores a combustão, o interesse nessa nova geração de veículos pode aumentar.

Redator

Edilson Félix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Vive constantemente conectado no mundo da tecnologia, surfando na onda das novidades.