Pesquisadores usam IA para tornar a manutenção de estradas mais eficiente

Quando se trata de obras rodoviárias, existem vários fatores a considerar ao decidir quando e se deve ou não prosseguir com o trabalho de reparo de algumas estradas. Por exemplo, uma estrada que não é tão movimentada, muitas vezes deixa de ser prioridade quando se trata de enviar pessoas para consertá-las, e também há coisas a considerar, como o custo.

Na maioria das vezes, essas decisões são tomadas por seres humanos que às vezes podem ser ineficientes, razão pela qual pesquisadores da Universidade de Waterloo desenvolveram uma inteligência artificial que poderia potencialmente tornar a manutenção de estradas um processo mais eficiente. Embora vise a manutenção de estradas por enquanto, a IA também poderia ser expandida para cobrir a manutenção de pontes e edifícios.

Então, como isso funciona? Basicamente, através de imagens que podem ser obtidas através de serviços como o Google Street View ou fotos tiradas por trabalhadores, a inteligência artficial pode detectar e sinalizar problemas como buracos, rachaduras e defeitos. Isso pode levar a custos reduzidos de avaliação e também a reparos pontuais, que são ótimos porque podem produzir resultados uniformes.

De acordo com John Zelek, professor de engenharia da Waterloo, “Se os governos tiverem essa informação, eles podem planejar melhor quando reparar uma estrada, e ainda podem fazer isso num menor tempo possível com um custo menor”. Esta não é a primeira vez que a IA tem sido usada para trabalhos de reparo. O Exército dos EUA anunciou recentemente que usaria IA para prever quando fazer reparos em veículos.

Redator

Edilson Félix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Vive constantemente conectado no mundo da tecnologia, surfando na onda das novidades.