DeepMind cria inteligência artificial que pode desenhar cenas 3D a partir de imagens 2D

A subsidiária DeepMind do Google introduziu um novo tipo de algoritmo de visão computacional que pode gerar modelos 3D a partir de imagens 2D.

A Generative Query Network (GQN) é capaz de “visualizar” a cena de qualquer ângulo que nunca tenha visto antes, completamente sem treinamento ou supervisão humana. O algoritmo também pode desenhar o lado oposto e invisível dos objetos e criar uma visão tridimensional a partir de vários ângulos.

O objetivo é replicar a maneira como o cérebro humano examina o ambiente e aprende interações físicas entre objetos e ao mesmo tempo elimina a necessidade de contemplar imagens em arquivos de dados com treinamento de inteligência artificial. Pois a maioria dos sistemas de reconhecimento visual exige que as pessoas identifiquem cada aspecto de cada objeto na cena, é um processo trabalhoso e caro.

Os pesquisadores disseram que a tecnologia poderá ajudar a entender melhor o contexto das cenas de imagem que a máquina precisa processar, ajudar a robótica a melhorar a imagem do espaço e assim por diante.

Redator

Edilson Félix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Vive constantemente conectado no mundo da tecnologia, surfando na onda das novidades.