Diagnóstico do câncer de mama agora é feito com uma pílula que faz os tumores brilharem

As mamografias são ferramentas úteis para diagnosticar o câncer de mama, mas nem sempre conseguem detectar facilmente. Nem sempre é fácil dizer o quão perigoso um tumor em particular é. Agora, cientistas da Universidade de Michigan desenvolveram uma nova ferramenta que ajudará os médicos a detectar o tumor mais facilmente, Bem dizer é uma pílula que ao engolir faz os tumores brilharem sob luz infravermelha.

Para levar a imagem até o nível molecular, os pesquisadores projetaram uma pílula oral que pode fornecer um corante fluorescente aos tumores no tecido mamário. Uma vez lá, os médicos podem realizar uma varredura infravermelha no seio, e o corante fará com que as células cancerosas reflitam a luz.

Diagnóstico do câncer de mama agora é feito com uma pílula que faz os tumores brilharem

Pode parecer simples, mas os pesquisadores dizem que foi um desafio encontrar as moléculas corretas para o trabalho. Eles precisavam ser pequenos e lipofílicos (gordurosos) o suficiente para serem absorvidos pela corrente sanguínea, mas grandes e solúveis em água o suficiente para ser detectados nas imagens.

Redator

Edilson Félix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Vive constantemente conectado no mundo da tecnologia, surfando na onda das novidades.