• Facebook
  • Instagram
  • Twitter
Streaming de música cresce 39% em 2017, faturando cerca de US$ 7,4 bilhões

Streaming de música cresce 39% em 2017, faturando cerca de US$ 7,4 bilhões

24/04/18

Embora sempre exista uma demanda por mídias físicas para a música, como CDs e, mais recentemente, o ressurgimento do vinil, parece que o streaming de música é definitivamente o caminho do futuro. Isso porque, de acordo com os números mais recentes compartilhados pelo Music Industry Blog, o streaming de música cresceu 39% desde o ano passado.

No entanto, não é claro se o streaming de música ultrapassou as vendas regulares de música porque, como 9to5Mac aponta, dependendo da fonte, alguns dizem que o streaming está gerando mais receita em comparação à música gravada, enquanto outros discordam e afirmam que ainda não chegou lá. No entanto, de acordo com os números do Music Industry Blog, o streaming trouxe US $ 7,4 bilhões para o setor, o que representa um aumento de 39% em relação ao ano anterior.

Assim, embora a transmissão não tenha ultrapassado a música gravada em termos de vendas, não há como negar que ela está crescendo a um ritmo acelerado e pode muito bem ultrapassar a música gravada nos próximos dois anos. No momento, serviços como o Spotify e a Apple Music estão no topo, onde o Spotify anunciou recentemente que havia alcançado 70 milhões de assinantes, enquanto que a Apple Music anunciou que eles não estavam muito atrás, ultrapassando a casa dos 40 milhões de clientes.

Deixe seu comentário