NVIDIA pede para as lojas vender placas de vídeo para mais jogadores do que para mineradores

A Pedido da NVIDIA, alguns varejistas começaram a vender placas gráficas em quantidades limitadas por pedido, isso se deve a uma iniciativa da fabricante da GPU de tentar manter seu produto focado para o público gamer.

Em 2017 ouviu se falar muito em criptomoedas e sua alta valorização chamou a atençao de muita gente, principalmente dos mineradores. Estas pessoas conseguem um bom rendimento minerando moedas virtuais, como bitcoin, Ethereum e outras. E assim fez surgi um problema, os mineradores estão comprando muitas placas de vídeo para iniciar mineração ou pra minerar ainda mais moedas, A procura é tanta que fez com que a empresa adotasses estratégia pra poder da conta da demanda, mas isso fez também com que o preço das placas de vídeo triplicassem nos Estados Unidos, desagradando principalmente os jogadores que sempre as comprava pra poder jogar seus games favoritos.

Só para se ter uma idéia, uma placa de vídeo que antes era de 499 dólares, hoje é encontrado por 1592 dólares, e mesmo assim há muita gente aceitando pagar esse preço.

Diante da alta procura, algo inusitado aconteceu, a NVIDIA recomendou as lojas que façam a restrição de venda para um máximo de duas placas gráficas do mesmo modelo por pedido, por exemplo. Uma das muitas lojas online tinha começado a vender apenas cinco placas gráficas, pouco depois, apenas três, e a partir de novembro apenas duas placas gráficas do mesmo tipo por ordem de venda. E outras lojas seguiu o mesmo procedimento, está atualmente vendendo só duas placas gráficas do mesmo tipo. Mas como as lojas não é obrigada a obedecer o pedido da NVIDIA, outras varejistas, no entanto, não apresentam limites para a venda das placas de vídeo.

Quando perguntado sobre o assunto, o porta-voz da Nvidia, Boris Böhles disse: ” Para a NVIDIA, os jogadores vêm primeiro. Todas as atividades relacionadas à nossa linha de produtos GeForce são direcionadas para o nosso público principal. Para garantir que os jogadores da GeForce continuem a ter uma boa disponibilidade da placa gráfica GeForce na situação atual, recomendamos que nossos parceiros comerciais tomem as providências apropriadas para atender às necessidades dos jogadores, como de costume. ”

E no entanto a Nvidia enfatiza que os revendedores podem, mas não precisam, seguir esta ” recomendação “. O fabricante nunca intervirá na liberdade e na independência do comércio .

Uma solução para fazer com que o preço volte ao patamar normal seria a fabricante aumentar a produção das placas de vídeos ou que a mineração das criptomoedas fosse fluindo mais lentamente. E assim o público Gamer poderia adquirir placas de vídeo por um preço razoável.

A NVIDIA não citou o que pretende fazer nos próximos meses para contornar essa situação.

Redator

Edilson Félix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Vive constantemente conectado no mundo da tecnologia, surfando na onda das novidades.