Sea of Thieves

Da aclamada desenvolvedora Rare, chega um jogo de aventura de mundo compartilhado que oferece a experiência pirata suprema.

Cheio até as bordas de navegação e exploração, lutas e pilhagens, solução de enigmas e caça ao tesouro, Sea of Thieves tem tudo o que você precisa para viver a vida de pirata que sempre sonhou.

Situado em um mundo glorioso com ilhas exóticas, tesouros escondidos e perigos naturais e sobrenaturais, Sea of Thieves mergulha você em um novo tipo de ação multijogador. Seja se aventurando com um grupo ou navegando sozinho, você está destinado a encontrar outras tripulações – mas elas serão amigáveis ou hostis? E como você irá reagir?

Sea of Thieves oferece algo para todo mundo, independente de como você prefere jogar:
• Um mundo de explorações – zarpe em um vasto oceano aberto, arriscando-se por novas regiões e descobrindo os segredos de ilhas intocadas e navios naufragados. Busque tesouros seguindo mapas e desvendando enigmas, e aprenda a esperar pelo inesperado…
• Um mundo de emoções – envolva-se em batalhas entre navios com canhões, pistolas e alfanjes, perseguindo navios rivais em meio a tempestades devastadoras. Navegue em busca de recompensas mortais ou carregamentos de balsas através de águas hostis. Combata os restos esqueléticos de antigos piratas amaldiçoados, e tome cuidado com as ameaças submarinas que espreitam por debaixo das ondas!
• Um mundo para navegação conjunta – quer você esteja jogando ao lado de amigos, procurando por uma tripulação online ou iniciando sua viagem como um pirata “lobo solitário”, você terá encontros memoráveis e hilários nesse mundo onde cada vela no horizonte é uma tripulação de jogadores reais.
• Um mundo de conquistas – em sua missão para se tornar uma lenda da pirataria, você acumulará pilhagens, construirá uma reputação e definirá seu estilo pessoal único com suas recompensas conseguidas a tanto custo.

Sea of Thieves será lançado em 20 de março de 2018 para PC e Xbox One.

Redator

Sandro Felix é redator e co-fundador do TecnoGames Brasil. Para ele, os jogos são mais do que entretenimento, é uma vida, uma paixão.